Liveurs – Underground Reality Show


Poesia – Destino
14/08/2012, 02:29
Filed under: Uncategorized | Tags:

Os sonhos que foram embora
não é fácil aceitar o destino
o que era costume mudou de lugar
deixando apenas um coração partido
Fica difícil voltar a acreditar
tanto se fez mas nada se colheu
vagando sozinho ando meio perdido
planos que pelo tempo esqueceu
Eu sei que um dia o sol volta brilhar
as feridas secam com a brisa do tempo
a mente muda e o coração se acalma
e a esperança que tudo será diferente
Quem não cai não aprende a levantar
a dor do amor machuca os sentimentos
a luta é dura pra tentar se readaptar
a tristeza invade alguns dos momentos
No vazio da noite a saudade pelo ar
conversar com Deus quando todos dormem
somente assim pra ter um pouco de paz
na presença do Espírito poder repousar

“Meu destino está nas vossas mãos. Livrai-me do poder de meus inimigos e  perseguidores.” Salmos 31:15