Liveurs – Underground Reality Show


Cartas – Queria
26/02/2012, 04:06
Filed under: Uncategorized | Tags:

Queria ouvir uma musica que me deixasse mais perto de você, encontrar seus olhos na onde minhas mãos pudessem te tocar para simplesmente ama-la até o dia amanhecer. Queria descobrir o mistério insondável que se esconde em seus dedos que com um singelo toque arrepia e me extremesse por inteiro. Queria saber falar a língua inteligível dos seus cabelos pra assim decifrar seus sinais e achar a solução pra conter a tempestade das brigas passageiras e da eloqüente mania do Adeus a todo o momento.

Queria ter a força de um super herói para agüentar suas crises existências, a visão de Freud para descobrir a cura para sua síndrome de que tudo em você tem defeito ou quem sabe aprender a esquecer os simples detalhes que me fazem lembrar de você em qualquer coisa que vejo. Queria ter uma péssima memória e assim ver você de novo cometendo os mesmos erros e não perder a esperança. Queria poder fechar os olhos e me aventurar dentro do abismo dos sonhos mortos e dos caminhos tortuosos para por um instante não me sentir sozinho mesmo que vague sem saber pra onde estou indo.

Queria estancar o sangue que sai de meu coração, curar as feridas que foram abertas pelo tempo, mostrar que apesar de tudo que aconteceu ainda sobrou algo bom aqui dentro. Queria poder confiar em quem traiu minha confiança, amar aqueles que querem meu mal e ficam felizes quando percebem que minha vida está na lama. Queria saber impedir as lagrimas dos meus olhos de escorrer, fingir que nada sinto quando vejo quem me ame pisou na bola comigo e ver a vida pela ideologia do tanto faz e do carpe-diem.

Queria poder colorir o mundo com meu otimismo, desenhar um sorriso na cara das pessoas tristes, dar mais fé aos descrentes e sentir que nunca vai acabar a força para levantar e seguir em frente. Queria conseguir explicar o que se passa na minha cabeça, encontrar as perguntas das respostas antes que no meio das minhas confusões eu esqueça. Queria que o medo não fosse uma tatuagem e que a paz prevalece quando meu espírito fica selvagem, frear as palavras para não falar besteira e aprender a ouvir e não esperar que o mal aconteça.

Queria nadar num lago de cristal, compor nova uma canção de amor, deitar na grama pra ver a noite passar e quem sabe deixar a madrugada revelar o que de mim restou.

“Procurei no meu coração como estimular com vinho a minha carne, sem deixar de me guiar pela sabedoria, e como me apoderar da estultícia, até ver o que era bom que os filhos dos homens fizessem debaixo do céu todos os dias da sua vida.” Eclesiastes 2:3

Anúncios

3 Comentários so far
Deixe um comentário

Gabriel ganhei sabado esse seu livro =) adorei nem imaginava q aquele menino q eu via no passado pudesse escrever coisas tão lindas parabens sucesso pra vc e espero q vc possa me dar o proximo lançamento tbm adoreiiiiiiiii kkkk bjuss Jaque=¤

Comentário por Jaqueline

Gabriel muito bonito,félicité,romanticismo ao vivo,Salmos;119;96,97…

Comentário por Maria cristina

maravilhoso isto comove transforma vidas das pessoas realmente tiver á fé, e comprometimento a cada dia a minha transformou, e minha recompensa dia- á dia , com deus e maravilhoso o que estou sentido dentro inesplicável para humanos,nada neste mundo me abala mas
, sabe deus abite meu coração santificado seja seu nome …

Comentário por Vinicius Modoti Binato




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: