Liveurs – Underground Reality Show


Texto – Não chame o amor
31/08/2011, 04:53
Filed under: Sem categoria | Tags:

Não chame o amor até que ele desperte em você, que queira viver algo sem nunca mais mudar de idéia, que prefira encontrar a morte que pensar em estar longe, que a sua alma se junte a de outra pessoa e nunca mais solte.

Não chame o amor até se satisfazer com um único beijo, que a vontade do espírito domine a da carne,  que o carinho saia de dentro do seu coração com vontade, que se unir a outro traga força e coragem pra dizer a verdade.

Não chame o amor até descobrir o que é lealdade, que consiga arrancar dos pensamentos o ciúme e a infidelidade, que  não se esqueça que acima de tudo vem o companheirismo e a amizade, que esteja pronto para cumprir promessas e para viver a felicidade,

Não chame o amor até que encontre seu amor próprio,  até que tenha satisfeito a perversão dos seus desejos, que decida exterminar de uma vez por todo o vazio, superar seus fracassos e  tirar dos pensamentos sonhos pequenos

Não chame o amor até que esteja pronto para explodir de prazer, que tenha necessidade de explorar os limites da imaginação, que queira deixar formigar seu corpo e se desfazer em arrepios, de não entender o que está sentindo e achar que está louco.

Não chame amor até que esteja pronto para esquecer o passado, para aceitar sobreviver às dificuldades do futuro, para formar uma família, se tornar uma aliança, perdoar um ao outro e colocar Deus no centro de tudo.

“As torrentes não poderiam extinguir o amor, nem os rios o poderiam submergir. Se alguém desse toda a riqueza de sua casa em troca do amor, só obteria desprezo.” Cânticos 8:7



Cartas – De Deus
30/08/2011, 04:46
Filed under: Sem categoria | Tags:

Talvez Deus queira falar comigo, conversar no meu silêncio, sinto meu coração acelerado, escuto a voz daquilo que não vejo, como se a saudade pudesse ter um som e fosse semelhante ao do bater do coração ou da respiração enchendo os pulmões.

Minha razão tentava me convencer que era loucura, mas era muita emoção para que eu simplesmente pudesse desprezar o turbilhão de sensações que inundavam o meu ser naquele instante. Algo além da minha existência estava trazendo esperança para dentro de mim de novo, até que o céu se abriu e gotas de amor caíram sobre meu corpo. Simples como um inspirar, Deus me envolvia enquanto dizia coisas doces no meu coração. Nunca imaginei que apesar de todos os meus erros e pecados, ele pudesse me amar e tratar dessa forma.

Breve bateu o arrependimento pelo meu passado e quantas vezes não ouvi essa voz dentro de mim, mas não sabia reconhecer, pensando que era meu subconsciente, minha razão, um surto de chatice ou qualquer outra coisa, mas hoje percebo que era apenas Deus querendo cuidar de mim. Olho para o horizonte e agora ele parece mais colorido, a natureza parece que canta pra mim, por um instante parei para sentir o vento e que sensação maravilhosa, me sinto conectado ao criador e sei também que ele está conectado a mim.

A minha vida começou a passar como um filme descontrolado, cujo nunca parei para prestar atenção nos meus atos, parecendo um vagão de metro que passa rápido pelas estações entre momentos de luz e escuridão. Muita coisa me aconteceu nesses anos e eu nem tinha parado para entender a razão até começou a doer minha alma quando descobri que a vida era o conjunto das minhas atitudes e das minhas escolhas erradas. Felicidade momentânea induzidas pela ilusão que criava dentro do meu corpo em busca do prazer de curto prazo.

O querer demais me deixou sem nada, tanto planejei e no fim tudo mudou, as coisas que gostava hoje não valem mais nada e sempre que acho que entendo uma coisa no dia seguinte o destino tornou aquilo insignificante. São como paginas arrancadas de um livro escrito na minha historia, capacidade que sem tentar muitas vezes não é reconhecida e logo percebo me querendo reviver o tempo que se passou, pensando em como deveria ter feito as coisas e entro num surto de desespero por ver que joguei boa parte da minha vida fora.

Deus tendo misericórdia dos meus sentimentos me diz: Olha para frente e veja tudo aquilo que ainda você pode realizar, vou ressuscitar seus sonhos que o mundo destruiu, restaurar a alegria na sua família, trazer a felicidade para sua vida, a paz, a paciência e te ensinar a lição mais importante que juntos podemos tudo. Cada noite eu escutei a voz dos seus lamentos, no meio a tantos questionamentos, saiba que sempre que se sentiu sozinho eu estava do seu lado, mas nunca notou minha presença, eu sempre disse que daria certo, mas você preferia ouvir as pessoas que diziam que você iria fracassar e assim você acabou desmotivado e descrente. Eu sei que não é fácil, mas já parou para pensar em como eu me sinto?

Eu te dei a vida, você por muitas vezes me deu as costas, eu te dei a visão e você fingiu que eu não existo, te dei o dom de falar e você usa disso pra falar mentiras e eu te dei a liberdade e você usou dela para pecar.

Mas esse não é o momento de falar do que passou e sim do que vai acontecer, sempre quiser falar comigo basta orar eu vou te responder através da minha palavra ou de um irmão e lembres se que cada oração que fizer é um passo que dá em direção ao céu. Eu não quero nada além do seu amor, de ser lembrado, de fazer parte de sua vida, que pai não quer isso de um filho. Sempre que parar para escutar o seu coração vai me ouvir dizendo Te amo, te amo.

“Buscai antes o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas por
acréscimo. “Lucas 12:31



Poesias – Memórias
29/08/2011, 17:09
Filed under: poesia7 | Tags:

Posso desaparecer até que sinta saudade
que minha ausência aponte o meu valor
pra que cada minuto seja a eternidade
memórias tristes de quem tanto te amou
E faça das promessas mais que palavras
que me ame até que tenha medo de perder
que invente serenatas na porta de casa
e tente me conquistar até o sol aparecer
Que me torne mais que um caso escondido
e se preocupe com o que eu ando sentindo
pois sou carente e preciso de amor e carinho
e gosto de saber para onde estou seguindo
Não quero idealizar alguém que não existe
que diz que tanto me ama e depois desiste
de marcas e dores meu coração já se cansou
e de acreditar que para você tudo eu sou
Não espero seu mal, mas sou demais pra você
se era para me perder porque me conquistou
chega de fingir sorrisos que tudo está bem
e de desculpas que vivo esperando alguém

“As vossas memórias são como provérbios de cinza; as vossas defesas como defesas de lodo.” Jó 13:12



Poesia – Coração Apaixonado
23/08/2011, 06:08
Filed under: poesia 6 | Tags:

Acordo-te na noite para ouvir sua voz
pois não consigo esperar o sol nascer
bateu-me uma saudade nos meus lençóis
e lembranças intensas entre eu e você
Distante virei refém dos meus desejos
condenado a esperar você e seus beijos
o calor que falta sobra em seus braços
além de toda ternura,carinho e cuidado
Começo a sonhar mesmo estando acordado
a conversar suspirando com meu coração
então pergunto se ele está apaixonado
porque sinto que está batendo acelerado
Quando se ama tudo se torna diferente
como se Deus estivesse dentro da gente
o sorriso completa e a poesia se sente
e qualquer coisa pode deixar contente
Qualquer frase se encontra sentimento
e fica especial cada simples momento
tempestade de amor transborda no peito
prendo-te na magia dos meus pensamentos

“Meu coração e minha carne podem já desfalecer, a rocha de meu coração 
e minha herança eterna é Deus.” Salmos 73:26



Texto – Nós Mesmos
20/08/2011, 16:49
Filed under: texto2 | Tags:

Conheço bem o caminho que leva para escuridão, anos para se encontrar e um segundo para se perder. Conheço também o tempo que demora para algo nascer e como num pequeno instante tudo pode morrer. Rápido demais o mal tira as coisas que mais amamos, num piscar de olhos, em uma atitude impensada e no fim tudo que nós restam é um vale de lagrimas.

Por um instante jurar pra si mesmo que tudo será diferente e que os mesmos erros não serão mais cometidos, mas junto com o amanha vem o esquecimento e resta apenas a Deus lembrar de um punhado de promessas descumpridas que fizemos. Porque temos o costume de falar as coisas apenas para agradar as pessoas e não percebemos que com as mentiras estamos desagradando a Deus.

Se for para fazer tudo igual porque se desculpou? Será que sempre seremos seduzidos pelas mesmas mentiras que o mal nos conta e por essa liberdade ilusória? Às vezes é difícil ter que admitir que o mal sejamos nós mesmos e que o praticamos num simples olhar de inveja, nas palavras mentirosas, na bebida, no cigarro, nas drogas, nos excessos, nos remédios, na infidelidade, no julgamento, na vaidade, na falta de perdão, confiança e amor, no sentimento de raiva, orgulho, ódio e magoa.

Que oração é essa que estamos fazendo que contém promessas que não sentimos obrigação de cumprir ? Será que o problema não está em nós mesmos e na falta do verdadeiro arrependimento, em não ver mal na onde existe e principalmente por não sentir vergonha do que temos feito.

Não tem como ajudar que não aceita que precisa de ajuda e confie em mim nós sempre precisamos de ajuda. A vida é como uma guerra você pode vencer um batalha, mas existiram outras, não podemos abaixar a guardar e achar que o inimigo se tornou amigo depois de vencido. Quando a luz de Deus vem o mal é destruído, se tem visto seus inimigos é porque com Deus você não está.

Temos que falar e viver em primeira pessoa, pois muitos vivem em terceira pessoa, conhecendo muito bem a historia dos outros e no fundo nunca parou para pensar na própria vida e nas próprias atitudes. Tudo só vai mudar para o paraíso de alegria quando conseguimos admitir nossas fraquezas. Que nossa vida é a soma de nossas ações e o nosso corpo é a conseqüência delas e por quantos dias cometemos o suicídio espiritual por não alimentar com Deus a nossa alma.

Muitos falam de Deus, mas poucos o vivem e a fé sem obras é morta em si mesma. Enquanto não falar “não” para o pecado Deus não vai dar um “sim” para você e realmente todo sonho que é feito com ele acontece. O grande segredo de Deus está dentro de você, na capacidade de amar, de perdoar e a mais importante de se reconhecer imperfeito e dependente. Tudo se transforma quando nós resolvemos mudar porque em cada esquina que viramos errado um novo caminho torto se abre, quero apenas te lembrar que o caminho do céu é reto, basta seguir em frente sem olhar para trás, pois esperar em Deus é ter a certeza que vai acontecer no tempo que a nossa fé permitir.

”Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos.”
Romanos 15:1



Poesia – Às vezes chora
19/08/2011, 06:13
Filed under: poesia4 | Tags:

A realidade que aos olhos parece mentira
conter na retina as lembranças do oceano
se misturar no mundo pra não ficar sozinha
e se consome no amargo dos mesmos enganos
Faz da esperança a vontade de ir em frente
e às vezes chora quando ninguém pode ver
simplesmente para a dor parecer diferente
na espera que um milagre possa acontecer
Desligou sol da tomada, pois queria dormir.
sacudiu dos cabelos as ilusões dos sonhos
deitou a cabeça apertando o travesseiro
rezou pedindo para Deus trazer o seu sono
Quebra cabeça distorcido é o seu coração
desconta em quem mais ama a sua frustração
sensível pele que tenta sentir o carinho
que nasce do desejo de tocar as emoções
A paixão é como vento que sente e passa
traz o medo do passado e a desconfiança
feito criança presa na própria imaginação
criando monstros pra acompanhar a solidão

“Bet. Ela chora pela noite adentro, lágrimas lhe inundam as faces, ninguém mais a consola de quantos a amavam. Seus amigos todos a traíram, e se tornaram seus inimigos. “
Lamentações 1:2



Texto – Provérbios
14/08/2011, 22:05
Filed under: Sem categoria | Tags:

Criatura errante está na sombra da morte, procurando as palavras que fazem afastar o demônio, a certeza de estar louco aos olhos do mundo, mas não consegue aceitar que a felicidade seja um golpe de sorte. O mistério da origem de tudo, será que somos apenas poeira de estrelas? Expectadores de um livro historias que não fazemos parte ou a plebe do universo que se denomina filho de Deus. A princesa morreu de tédio, o rei se enforcou de paixão, o bobo abandonou a corte e o cavaleiro que depois da guerra se rendeu a depressão.

Cenas que passam de gerações em gerações, os grãos de areias nas ampulhetas de vidro entre as almas que o tempo carregou com as mãos. Ondas se agitam sobre as tempestades de ódio, caminhar sobre o estado liquido desprezando as leis da física, simplesmente aproveitar a escuridão do abismo para dormir, sabendo que mesmo distante quando olhar para acima ainda pode se encontra os raios de sol. No silêncio do vácuo escutar a voz daquilo que não se pode ver, encontrar a comoção dentro do olhar de um estranho, de repente sentir o toque do invisível te envolvendo com alegria como brisa que foge das águas do mar com pavor da razão humana.

A flor que dá a luz e nada se ouve,o renascimento cultural que passa pela mente do artista insatisfeito, a ciência do saber em troca da ganância dos sonhos, intelectuais que ao lado dos ignorantes estão enterrados, doenças que a inteligência não encontrou a cura, química da terapia, falecimentos do espírito e ninguém parece lembrar que não se leva nada dessa vida. Cortar os pulsos para encurtar o caminho, desinfetar as idéias com destilado para que nenhum verme de esperança saia vivo, usar de drogas para anestesiar a dor e vestir mascaras para que ninguém saiba o que realmente está sentido.

Abrir a boca e deixar os dentes a vista, o sorriso plástico, a dentadura postiça, a idade que tenta confundir misturando tinta aos fios de cabelo. Tudo para que ninguém perceba a criança que existe ai dentro cujo apenas o corpo cresceu, mas continua aprisionada pelos traumas do passado, podendo ser ouvida em toda situação de desconforto, o futuro refletindo a imagem do medo.

Coração feito de metal, nervos de aço e o amor construído pela mentira elaborada dos bens matérias. Até que a espada veio ao mundo, para impor tudo aquilo que se considera certo, pela força provar o seu ponto de vista e pela tirania construir seus os impérios, esquecendo do único mandamento, esquecendo que tanto esforço só ira fazer chegar ao inferno mais depressa.

Ecos que buscam respostas naquele que nem a vida agradeceu, filhos ingratos perecendo nos orfanatos das misérias espirituais, esperando que o demônio venha adotar todo aquele que dá luz da verdade tem se escondido, descrente do amor, da verdade e do carinho. Pois todo aquele que brilha é de Deus, aquele que não mente e que faz do amor sua vida.

 

“Que o sábio escute, e aumentará seu saber, e o homem inteligente adquirirá prudência
para compreender os provérbios, as alegorias, as máximas dos sábios e seus enigmas.”
Provérbios 1:5-6