Liveurs – Underground Reality Show


Poesia – Mais e mais
28/02/2011, 03:41
Filed under: Sem categoria | Tags:

Minhas pupilas te buscam pela noite
na frágil esperança de te encontrar
a saudade na alma bate feito açoite
e nem imagino onde você deve estar
Velhas fotos espalhadas na estante
dizem que nada mais será como antes
condenado estou preso pelas lembranças
e o ódio consumiu toda minha esperança
Parece irracional mais ainda amo você
e não existe erro que faça te esquecer
posso me magoar e dizer que nunca mais
mas meu coração jamais me deixa em paz
Porque chama seu nome querendo te ver
quase chega ao ponto de me enlouquecer
então aparece estou precisando de você
pra ser sincero não sei mais o que fazer
O futuro já começou apressa pra chegar
cada momento que está ausente dói demais
somente a sua presença que me satisfaz
me perdoa e saiba que te amo mais e mais

“A vida vale mais do que o sustento e o corpo mais do que as vestes. “
Lucas 12:23



Poesia – Medo de te ver
24/02/2011, 18:41
Filed under: poesia2

Nunca imaginei que pudesse me magoar
mas tem coisas que não dá pra prever
agora assume que errou e fez sem pensar
quem sabe um dia eu consiga entender
Quis dar o melhor, mas não deu certo
e isso sempre atrapalha o meu sono
Penso em tudo e fica difícil aceitar
na minha mente um cemitério de sonhos
Queria mudar as palavras e os fatos
de ouvir sobre você todos estão cansados
Tenho me cuidado para ninguém perceber
que meu coração ficou em vários pedaços
Sinto grande medo de te ver e sofrer
assim evito onde posso encontrar você
só volto pra casa ao chegar o anoitecer
pedindo pra Deus ajudar a te esquecer
Na esperança de encontrar um sorriso
apago as cartas, fotos e emails antigos
no meio das lagrimas descobri o alivio
sei que em breve tudo será esquecido


“pois tive medo de ti, por seres homem rigoroso, que tiras o que não puseste e ceifas o que não semeaste. “
Lucas 19:21



Composição – Desperta
23/02/2011, 01:53
Filed under: Sem categoria | Tags:



Desperta pois preciso agora
somente sua voz me acalma
induz minha alma a ficar em paz
tranquilizando como você faz
Me abraça e tira os pesadelos
e do coração todo esse medo
pois algo de noite não me deixa dormir
conversa comigo e não me deixa aqui

Seus olhos são tão doces e tão bonitos
que chego a delirar e a ficar perdido
Ah se soubesse como é bom estar contigo
esqueceria de tudo só pra ficar comigo

Eu não sei o que seria
tanto amor se merecer
com paciência aceita os defeitos
e ainda assim me vê perfeito

Eu não tenho nada para ofercer
mesmo assim você vem me socorrer
trazendo esperança ao que parece impossível
me enche de amor e transborda de carinho

Seus olhos são tão doces e tão bonitos
que chego a delirar e a ficar perdido
Ah se soubesse como é bom estar contigo
esqueceria de tudo só pra ficar comigo



Texto – Arte do Amor
19/02/2011, 17:02
Filed under: Sem categoria | Tags:

As palmas anunciam o dever cumprido, o reconhecimento do próximo sobre a imaginação do artista. Como um surto de arte resplandecente sobre o delírio coletivo da platéia, onde cada gota de suor e cansaço agora tem o peso e o valor do ouro.  Uma energia transmitida através do prazer da observação onde todo ensaio agora pode ser visto sem nenhuma imperfeição. O espírito que domina o corpo agora deixa a vista as suas habilidades e se manifesta de diversas maneiras em cada qual com um dom diferente, podendo ser reconhecido na forma de música, dança, arte ou poesia, onde tudo faz parte da mesma obra de Deus, porém estão representadas em diversos atos de expressão.

Todos somos sementes do mesmo fruto, quando provado temos o mesmo gosto,talvez o que mude é o teor de paixão por aquilo que fazemos por isso alguns tem o gosto mais doce e outros mais amargos. Como presente vindo de Deus, toda arte é eterna ao tempo e ao momento, criando barreiras que se tornam impossíveis de se transpor, pois basta um olhar e a vontade de admirar, que cada linha do pincel feita sobre a tela se transforma em vitrine surrealista, como uma janela aberta do presente rumo à vanguarda do passado. Atrevido o pintor com seus olhos atentos aprisiona a paisagem em forma de arte, uma fotografia criada pelas mãos humanas, porém conduzida por um espírito de amor e criatividade, que permite descobrir dentro de cada pessoa um genuíno artista, bastando apenas à vontade de fazer para colocar o talento em movimento. 

 Chegou a sua vez de ser aplaudido, portanto deixe o espírito da criatividade consumir seu corpo e sua mente para poder testemunhar que a sua vida nunca mais será como antes. Conquistando sua imortalidade passando para um estágio além da matéria porque corpo parte, mas a arte é eterna. Seja através da música, que invade nosso corpo pelos ouvidos e contamina nossa alma com uma imensa vontade de dançar, cantar ou recompor lembranças que marcaram fortes momentos de amor e paixão. Não tenha medo do mundo não entender a sua arte de viver, porque Deus que conduziu cada movimento do seu corpo e esse é seu propósito na Terra.

Por isso desejos queimam dentro do seu coração, seguido de uma ansiedade sem explicação, vontade de realizar algo e não se sabe o que, como um sonho que salivando está prestes a nascer. E não importa o que faça nada irá suprir a satisfação da ausência do seu propósito, por isso desperta para ser aquilo que Deus destinou você a ser. Sendo lindo, eterno e louco pelo amanhecer transpirando inspiração e sendo alvo de criatividade e motivação, pois toda arte vem de Deus pelos surtos e delírios de nobres corações.


Êxodo 35:35

“a estes encheu de sabedoria do coração para exercerem todo ofício, seja de gravador, de desenhista, de bordador em azul, púrpura, carmesim e linho fino, de tecelão, enfim, dos que exercem qualquer ofício e dos que inventam obras artísticas. “



Cartas – Saudades
16/02/2011, 04:39
Filed under: Sem categoria | Tags:

Feito um tornado a saudade misturou dentro de mim a tristeza com a felicidade. Bastou sua imagem aparecer na minha mente para começar a sentir uma alegria incontida derramar sobre  os meus instintos pelo simples fato de saber da sua existência, porém ela veio seguida de um mórbido desanimo por você não estar aqui comigo.

Às vezes tento entender o que acontece com o tempo quando ficamos juntos, meu relógio mede as horas de uma forma diferente, pois cada minuto que passa parece um segundo e nunca é suficiente o tempo para conter a minha saudade. Talvez seja porque fico sorrindo feito bobo ao te ver ou quem sabe por nunca saber o que dizer. Mas o que devo fazer se gosto de admirar a sua beleza e fico paralisado na sua presença.

Sei apenas que me sinto especial quando estou próximo de você. A forma que fala de mim me faz acreditar que alguém melhor eu posso ser. Sinceramente não sei se é por amor ou por seu otimismo, mas parece que cada sonho agora se torna algo possível. Perdoe se às vezes mando mensagem o dia inteiro ou se telefono e muitas vezes não tenho o dizer, isso é apenas o reflexo do quanto quero bem você.

A saudade é o verbo de quem ama, eu sutilmente te amo perto ou longe, pois mora dentro do meu coração, te encontro nos meus sonhos, no rosto de estranho numa fila de banco e até mesmo no meu medo do amanha voltar a ser como antes. Por isso quero aproveitar a cada instante, nem que seja para passear de mãos dadas nas asas do vento, pois qualquer coisa com você se torna mágico momento.

Deus te colocou na minha vida para que eu pudesse ter um rumo, quanto tempo não passei vagando sozinho no meio de loucos e no escuro, mas bastou um raio da sua luz para romper com toda a escuridão. Agradeço a paciência, a cada gesto de carinho, a cada vez que pedi ajuda e você me socorreu sorrindo, por me fazer sentir saudades e por saber que ainda existe amor de verdade.

“Pois Deus me é testemunha de que tenho saudades de todos vós, na terna misericórdia de Cristo Jesus. “
Filipenses 1:8



Cartas – Perfume
12/02/2011, 03:11
Filed under: Sem categoria | Tags:

Só de pensar no seu perfume me transporto ao seu lado, posso sentir minha mão deslizando sobre os seus cabelos, abrindo espaço para que meus lábios toquem o seu pescoço.  Momento sublime que simplesmente não permite que consiga descrever a sensação que sinto. Desperta faminta a saudade no meu peito, junto dela uma promessa de eternidade, como eu queria plantar uma rosa cada vez que pensasse em você, iria se espantar com a imensidão do seu jardim.

Corro entre as flores enquanto borboletas brincam sobre mim, os sons dos pássaros rompem o
silencio, a sinfonia perfeita enquanto se espera alguém. Porque sinto satisfação até mesmo quando você fica muda, quando seu coração para sem saber o que dizer.  Porque pra mim sua presença vale mais que todas as palavras e seus olhos falam todas as línguas do mundo.  E nesse instante eu sei que estou pronto para amar e louco para me apaixonar.

Quando penso em nós dois, deixo o agora pra depois, eu preciso de você e não sei explicar o porquê, nem  consigo entender, sei apenas que posso sentir. Coloca sua mão no meu peito, sinta como fica mais forte o meu coração quando te vejo. Tudo esquenta, falta o ar e as pernas ficam tremulas. Como um mistério de uma ciência inexata feita de paixão entre cores que se formam e figuras que se vão.

Semente de paz, flor imaculada, parte mulher, parte menina, obra prima que por Deus foi inventada. Frágil nos detalhes, forte em personalidade é a soma de tudo que eu sempre sonhei, mas nunca acreditei existir. Admiro cada centímetro, cada curva e cada contorno, cada gesto e cada sorriso e cada pedacinho do seu corpo.

Depois nasce a duvida, será que você existe mesmo ou é somente fruto da minha imaginação, porém agora isso tanto faz porque quero de ter você sempre mais.  Ama-me como se não tivesse hora para acabar ou muito menos dia para começar. Porque hoje posso não ser a sua luz que te ilumina, mas com certeza sou a sombra que te acompanha.

 

“Somos para Deus o perfume de Cristo entre os que se salvam e entre os que se perdem. “
2 Coríntios 2:15



Poesia – Vontade Eterna
09/02/2011, 00:32
Filed under: Uncategorized

A febre torna quente a minha pele
o outono chegou e as folhas caíram
o coração está batendo em silêncio
sentado observo o destino partindo
O vento bagunça as folhas pelo chão
restos desprezados de outra estação
a ausência de calor tona o ar frio
o sol se escondeu me deixando sozinho
Olho as nuvens em busca de desenhos
alguma expressão ou um sinal de Deus
tantas coisas passam nos pensamentos
sonhos e momentos onde nada aconteceu
Suspiro para contemplar a melancolia
percebo o aroma do perfume das flores
entendo que a vida está além dos dias
e agora quero estar melhor que antes
Como um presente despertou um sorriso
a esperança com a sua força de mutante
trouxe a coragem para enfrentar o medo
e a vontade eterna de seguir em diante

coração.”
Salmos 40:8

“fazer vossa vontade, meu Deus, é o que me agrada, porque vossa lei está no íntimo de meu



Texto – Pra ser Feliz
07/02/2011, 00:06
Filed under: Uncategorized | Tags:

O gosto amargo do passado se confunde com o doce do presente, seguindo por caminhos sombrios que pensava levar a morte encontrei no final do percurso um lugar cheio de luz e vida. Saciei minha sede nos goles do meu delírio, não acreditava no que meus olhos estavam vendo, tudo era bonito e perfeito demais para ser verdade, mas quando o frio soprou sobre meu corpo acabei me aquecendo em uma fogueira feita de amor que encontrei nos braços de quem menos esperava.

Por um instante recordei quem eu era e percebi que nem mesmo no meu sonho mais louco cogitava a possibilidade de pensar ser feliz um dia, agora percebo que a tristeza deu lugar para a alegria. O mundo que me cerca sempre será o mesmo, por isso a mudança é algo que veio de dentro, é a questão de saber aceitar que para cada coisa tem seu momento e que tudo é bom ao seu tempo.

O espírito sempre sabe à hora de mudar mais muitas vezes não queremos aceitar e dessa forma usamos dos nossos medos para convencer a razão a encher de mentiras o nosso coração.  Amores humanos são como areias postas ao vento, instáveis demais para construir um sonho. Tantos passaram e parecem que muitos irão passar por nossas vidas, como se o coração fosse um porto de cargas emocionais e as pessoas embarcações que navegarem pelos nossos sentimentos.

A vontade define a força do desejo e o amanha não volta mais, por isso quando me abraçar faça isso com gosto, me beija e me ame com tudo que pode. Não deixe nada em aberto, nenhuma pendência com o destino, pois a alegria se encontra em cada momento e possibilidade de acontecer. Mesmo que muitos saibam meu nome, entendo que poucos terão a capacidade de me compreender. Julgamentos errados são inevitáveis. Sempre troquei o ódio pelo perdão. Muitos não sabem o que fazem com a própria vida, imagine com a minha.

A melhor definição da minha mudança não está nas coisas que o mundo podia me oferecer, mas sim no quanto de amor Deus derramou no meu coração depois que eu dei meu sim para ele. Tornou luz e vida o que antes era trevas e escuridão, pois eu era aquele que o mal sempre dizia pela boca dos outros que não valia nada, mas Deus me mostrou o quanto eu sou precioso e especial, assim como você é. Se não se sente com tanto valor agora saiba apenas que ele é a única coisa que te falta.

“Provai e vede como o Senhor é bom, feliz o homem que se refugia junto dele. “
Salmos 34:8



Texto – O amor
03/02/2011, 01:15
Filed under: Sem categoria | Tags:

O amor é como onda que deságua na areia da vida, como breve silêncio de um jardim sereno inundado pela luz do dia. Intrigante feito ansiedade de querer algo sem saber o que. Talvez uma vontade estipulada de desejo que queima alma e entorpece por dentro, confundindo a cabeça e fazendo querer mais do outro e menos de si mesmo.

A única coisa que quando dividida se atreve a multiplicar, que brota um sorriso no rosto começando ontem e não tendo hora para terminar.  Até mesmo quando dói na forma de saudade, radia no olhar com um brilho misterioso, que desfalece quando um encontra o outro, feito paixão crescente que sonha em não ser sozinha pra sempre.

O amor é Deus em carne e osso, é algo bom, com tempero forte e gosto gostoso. Como sublime sentimento sabe arrancar do coração o medo, destruir os muros, construir as pontes e deixa num só corpo o mundo inteiro. Fala no idioma universal da hospitalidade, feito de gestos que constituem a caridade, dando ênfase na carência de saber que precisamos um do outro e o que transforma simples humanos em anjos.

Síntese de esperança que arrecada na humildade a luz para trocar pela soberba da escuridão, injeção de paz que tranqüiliza o espírito e alegra o intimo do coração. Amar é não ter receio de ser feliz, não olhar de cara feia o futuro, é aceitar com misericórdia o desfeito dos outros e saber que com Deus se pode tudo.

É o segredo que transforma a dificuldade em momentos de oportunidades, que permite encontrar a paciência para assistir o errado se tornar certo ou quem sabe simplesmente seguir o caminho invisível abrindo suas asas e voando contra o vento.  

Amar é descobrir a razão que está acima da ciência, é deixar a vida valer à pena, é permitir que um estranho se torne amigo, é o que faz uma mãe cuidar de um filho.  O amor é o jarro e a água da vida, é o que torna a estrada para o céu linda e colorida.

“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos. “
João 15:13



Poesia – Gosto
01/02/2011, 03:22
Filed under: poesia4

Gosto da forma que contorna seus olhos
da maneira que decora de gloss sua boca
da vaidade sutil que define o seu estilo
do cuidado que tem com cada peça de roupa
Gosto da forma que sorri despreocupada
da ingenuidade que carrega suas palavras
do brilho estelar que sua alma transmite
da vontade louca de amar que ainda existe
Gosto do gosto que tem sua boca na minha
da cor dos seus olhos e da sua alegria
do eterno som doce que tem a sua voz
de todo carinho que seu espírito conduz
Gosto como deixa meu coração em festa
que faz de uma musica uma linda seresta
da serenata que acontece quando me vê
de mais um dia poder estar com você
Gosto de lembrar e sentir felicidade
de amar sem medo e sem ter maldade
do jeito positivo que encara o mundo
de como me paralisa num simples segundo

 

“Os seus lábios têm gosto de mel, minha querida. A sua língua é para mim como leite e mel, e os seus vestidos têm o cheiro dos montes Líbanos.”
Cânticos 4:11