Liveurs – Underground Reality Show


Cartas – De Volta
03/01/2011, 03:09
Filed under: Sem categoria | Tags:

Sei que nenhuma frase que possa dizer vai conseguir demonstrar a importância da sua presença sobre minha vida e que a distância desperta em mim uma saudade que pode ser sentida no mais intimo da alma. Isso me faz perceber o quanto você é parte da minha historia e linha da minha vida, porém o orgulho nos impede de sermos felizes. Por isso resta apenas lembrar e esperar que alguma coisa de diferente aconteça.

São tantos detalhes que me fazem lembrar-se de você e de todo tempo que estivemos juntos,que te esquecer acabou se tornando algo impossível. Sei que nenhuma palavra que eu possa dizer vai te trazer de volta, mas isso não me impede de conhecer todos os seus gostos, cada traço do seu rosto, suas loucas manias, seus costumes bobos e cada pedacinho do seu corpo. Percebo que hoje gosto até mesmo dos seus defeitos.

Agora não sei onde estão às feridas do seu coração, entendo apenas que na falta de perdão acabei machucando quem mais amava, será que é tarde demais para pensar que ainda posso estar vivo em sua memória. Não consigo parar de pensar no dia em que nos conhecemos e que seu sorriso ficou alegre ao me ver.

Queria poder voltar no tempo nesse instante,sendo assim saberia o quanto frágil seria nosso amor, porque o preço do fracasso é a solidão. São tantas nuvens cinza que não consigo ver os raios de sol. Agora como definir nós dois ? Uma obra do acaso ou a força das escolhas erradas. Mas quem pode prever o futuro?

Acordar sem ter você é como se morresse e nascesse a cada dia. Um funeral, uma estrada circular, largar e continua. No fundo eu sei que você não vai voltar, mas prefiro acreditar que estamos vivendo um até logo do que um adeus nunca mais.

 

“Se não tivéssemos demorado tanto, certamente já pela segunda vez estaríamos de volta.”
Gênesis 43:10