Liveurs – Underground Reality Show


Poesia – Invisível
29/07/2010, 08:26
Filed under: poesia4

Sinto sua presença mesmo sem te ver
queria saber pronunciar o seu nome
eu me apaixonei antes de te conhecer
será que algum dia encontrarei você
Criação imaginária, definição de amor
aquela que nunca partiu e nunca chegou
Um culto de esperança, fruto de vida
a mulher que carrega a luz na barriga
Quando te imaginei senti seu perfume
uma sensação que me deixava contente
Sem detalhes de cores ou desenhos
vi seus cabelos livres voando pelo vento
No seu olhar tantos mistérios e emoções
a voz serena como uma linda canção
Apenas em sonhos eu posso te tocar
limitado ao tempo que o sono dure
Muitos tentaram mas é seu esse lugar
nem a morte pode de mim te arrancar
pois onde for comigo você vai estar
na terra, no céu ou sozinho a sonhar

"Pela fé reconhecemos que o mundo foi formado pela palavra de Deus e que
as coisas visíveis se originaram do invisível."
Hebreus 11:3

Site Meter

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: