Liveurs – Underground Reality Show


Texto – A Voz do Povo
14/04/2010, 07:06
Filed under: Sem categoria | Tags:

Existe um ditado popular que diz: “A voz do povo é a voz de Deus”. Será que essa afirmação é uma verdade ou uma mentira, em nossas vidas muitas vezes convivemos com expressões populares, sem refletir sobre o significado e a influência que elas têm em nossas vidas e em nossas decisões. Historicamente essa expressão teve origem na mitologia grega e faz parte da história de Hermes, nesse primeiro instante não é importante saber em qual circunstância ele disse isso e o que levou a crer que isso fosse verdade. Mas refletindo sobre os dias atuais percebemos que a voz das pessoas tem uma imensa força sobre nossas atitudes e comportamentos. Ao ponto de ficarmos cegos para a verdade que geralmente está na nossa frente, e isso acontece porque na maioria das vezes estamos contaminados demais com as fofocas e as palavras perniciosas que nos contam. Vamos refletir com a bíblia e de uma vez por todas tirar essas trevas de nossa vida e de nossos pensamentos. Caros amigos eu vos digo que, a voz do povo não é a voz de Deus eu vou explicar o porquê eu acredito nisso: Pegue sua bíblia, vamos para Lucas (Novo Testamento), capitulo 23, ele todo descreve a crucificação de Jesus Cristo. Depois de ler esse capitulo todo irá perceber que quem ordenou a crucificação de Jesus foi Pilatos (foi o quinto governador da Judéia).
Mas veja a opinião dele sobre Jesus:

"Declarou Pilatos aos príncipes dos sacerdotes e ao povo: Eu não acho neste homem culpa alguma." 
(Lucas 23,4)

"Apresentastes-me este homem como agitador do povo, mas, interrogando-o eu diante de vós, não o achei culpado de nenhum dos crimes de que o acusais."
(Lucas 23,14)

"Pela terceira vez, Pilatos ainda interveio: Mas que mal fez ele, então? Não achei nele nada que  mereça a morte; irei, portanto, castigá-lo e, depois, o soltarei."
(Lucas 23,22)

Todos sabem que no fim não foi a opinião de Pilatos que prevaleceu porque Jesus foi crucificado mesmo isso sendo contrario a sua opinião. Mas a voz de quem convenceu Pilatos a cometer tal  injustiça com uma pessoa que tudo que queria era espalhar o amor de Deus ?
No próprio capitulo se encontra a resposta.

"Todo o povo gritou a uma voz: À morte com este, e solta-nos Barrabás."
(Lucas 23,18)

"mas eles vociferavam: Crucifica-o! Crucifica-o!"
(Lucas 23,21)

"Mas eles instavam, reclamando em altas vozes que fosse crucificado, e os seus clamores  recrudesciam. "
(Lucas 23,23)

Por isso vós digo meus irmãos que a voz do povo não é a voz de Deus, e em muitos momentos permitimos que nossas vidas sejam guiadas por esses rumores e acabamos por cometer injustiças. Mas é evidente que Deus fala conosco de alguma forma e uma delas é utilizando a boca das pessoas que nesse momento estão tomadas pelo Espírito Santo.

Recorde do momento em que o anjo Gabriel faz a anunciação a Maria:

“Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo.Perturbou-se ela com estas palavras e pôs-se a pensar no que significaria semelhante saudação.  O anjo disse-lhe: Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus.” (Lucas 1, 28-30)

Deus sempre vai conversar conosco no singular, jamais usará de multidões para dar o recado, pois para destruir a noite toda basta um único raio de sol. Por isso temos sempre que estarmos atentos para sabedoria de Deus para não acabar cometendo injustiças com o próximo, porque muitas vezes ele fala conosco, porém estamos surdos demais para escutar a verdade. Quantas vezes você já não foi crucificado sem que nada tivesse feito, e mesmo dizendo a verdade  te escutaram como se estivesse dizendo mentiras. Isso é algo que acontece freqüentemente e o medo acaba nos fazendo refém de nosso próprio mundo e injustamente acabamos trancando Deus para o lado de fora e cruelmente separamos a pessoa que mais nos ama e nos quer bem.


Agora como podemos saber por qual pessoa Deus irá falar conosco?

“Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores. Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda árvore boa produz bons frutos; porém a árvore má produz frutos maus. Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má dar frutos bons.”
(Mateus 7,15-18)

Primeiro que é ele quem escolhe aonde vai se manifestar e não nós, por isso não adianta procurar por pessoas que você acredite que tem mais fé que você esperando uma graça acontecer, muito menos pronunciar que sua fé é fraca por isso precisa de alguém que creia mais. Quero apenas te lembrar que perante Deus somos todos iguais. Sendo assim Deus fala conosco pelas pessoas que nos amam, pela folha que cai de uma arvora, pelo sofrimento e dificuldades e até mesmo por uma pedra. Agora vamos entender agora como Pilatos sabia que Jesus não tinha culpa.
A resposta dessa pergunta é que Deus falou com ele através de sua esposa.

"Porque sabia que, por inveja, o tinham entregado.
Enquanto estava sentado no tribunal, sua mulher lhe mandou dizer:
Nada faças a esse justo. Fui hoje atormentada por um sonho que lhe diz respeito.”
(Mateus 27:18-19)

Assim fica mais claro para entender que Deus disse a Pilatos o que era o certo, e disse também a  razão de o povo estar clamando sua condenação, mas no fim ele não conseguiu ter senso de justiça o suficiente para fazer a coisa certa, e o versículo que nos mostra que ele cedeu ao povo é esse:

"Pilatos pronunciou então a sentença que lhes satisfazia o desejo."
(Lucas 23,24)

Nesse instante Pilatos achou mais fácil soltar uma pessoa que cometera vários crimes (Barrabás) e condenar um justo, simplesmente porque assim iria calar a voz do povo. Sempre temos que trazer a bíblia para nossas vidas para que a sabedoria dela seja viva e vivida por nós. Olhe agora para a sua vida e tente visualizar quantas vezes o clamor do povo te deixou cego e surdo, te impedindo de ver e ouvir e reconhecer realmente a verdade. Em verdade vos digo, que a voz do povo que condena não é a voz de Deus mas sim a "voz do povo é a voz do inimigo", porque somente injustos , invejosos e derrotados fazem parte de seu principado. Por isso irmãos ficais atentos a esse segundo anuncio:

 “Não compreendeis que tudo o que entra pela boca vai ao ventre e depois é lançado num lugar  secreto?  Ao contrário, aquilo que sai da boca provém do coração, e é isso o que mancha o  homem."
(Mateus 15,17-18)

Se começarmos a perceber que toda palavra que sai da boca do homem é fruto das sementes de seu  coração, poderemos deduzir assim que tipo de coração que nele se encontra. E muitas vezes não entendemos porque algumas pessoas são capazes de fazer coisas tão cruéis umas as outras, mas mais uma vez podemos encontrar na bíblia essa explicação:

"Porque é do coração que provêm os maus pensamentos, os homicídios, os adultérios, as impurezas, os furtos, os falsos testemunhos, as calúnias."
(Mateus 15, 19)

Por isso irmãos se forem espertos vão compreender o que tento lhes dizer, afastem-se das palavras  vãs que chegam até seus ouvidos e das visões apocalípticas que iludem seus olhos. Porque através dos olhos e dos ouvidos que seu coração se alimenta e se farta. Não permitas que a voz do povo plante em seu coração sementes ruins, pois de suas bocas nada mais saem que frutos podres. Afastando-se do mal é que se encontra o bem que realmente precisamos, escuta com ternura a voz de quem realmente te ama e não tolere que outros sofram por você não saber o que escolher para semear no seu coração.  A voz deu Deus é a bíblia, a voz de Deus é atitude de amor, a voz de  Deus está além da razão e da compreensão humana. Por isso fique alerta e não se confunda, escute as exortações de seu Deus.

"Desencaminham-se estas pessoas em suas próprias visões e, cheias do vão orgulho de seu espírito  materialista,"
(Colossenses 2,18)

"Se em Cristo estais mortos aos princípios deste mundo, por que ainda vos deixais impor  proibições, como se vivêsseis no mundo? Não pegues! Não proves! Não toques!, proibições estas  que se tornam perniciosas pelo uso que delas se faz, e que não passam de normas e doutrinas  humanas.”
(Colossenses 2,20-22)

Agora sabeis sobre a verdade e de como Deus procede com as coisas desse mundo, deixemos o orgulho de lado, e oremos de joelhos, com o peito cheio de arrependimento e vergonha. Após ser perdoado encontre aqueles que o mal causou e suplique por seu perdão. Crendo na certeza do perdão e pela remissão dos erros cometidos assim teremos esperança que dessa nova semente plantada florescerá em nossos corações apenas palavras doces, pois assim bate um coração cheio do Espírito Santo. Não tenhas medo de pedir perdão pelos seus erros, tenha medo do seu orgulhos, pois:

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos
purificar de toda injustiça."
(João 1, 9)

Em muitos momentos da vida teremos que aprender a árdua tarefa de perdoar a nós mesmos.
Somente assim estaremos realmente libertos, acredite e pratique o perdão essa é a parte mais difícil de alcançar. Basicamente eu compreendo que somos feitos de dois elementos a carne e o espírito. Viver é o ato de permitir a batalha entre essas duas partes. Quando a carne sobre sai ao espírito nós nos entregamos à tentação e afloramos os defeitos humanos e com eles todas as conseqüências do pecado como as doenças que se manifestam no corpo, sensação de vazio, solidão No coração deixando sobre sair o ciúmes, orgulho, perversidade, inveja, luxuria, avareza, descrença e falta de amor próprio. Por isso nos momentos de dificuldades devemos alimentar nossa alma através da oração, comunhão, evangelização, solidariedade, e arrependimento, pois sabemos que temos um Deus misericordioso. Cuide mais do seu espírito do que da sua carne e verá nascer nos seus dias a alegria. Para finalizar quero que reflitam mais um pouco e comecem a ver a vida como ela realmente é.

"Finalmente, irmãos, fortalecei-vos no Senhor, pelo seu soberano poder. Revesti-vos da armadura  de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio. Pois não é contra homens de carne e  sangue que temos que lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste  mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal espalhadas nos ares.Tomai portanto a  armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no  cumprimento do vosso dever. Ficai alerta, à cintura cingidos com a verdade, o corpo vestido com  a couraça da justiça e os pés calçados de prontidão para anunciar o Evangelho da Paz. Sobretudo  embraçai o escudo da fé, com que possais apagar todos os dardos inflamados do Malígno. Tomai,  enfim, o capacete da salvação e a espada do Espírito, isto é, a palavra de Deus.Intensificai as  vosas invocações e súplicas. Orai em todas circunstâncias, pelo Espírito, no qual perseverai em  intensa vigília de súplica por todos os cristãos."
(Efesios 6,10-19)

Que a paz do senhor esteja conosco.
Louvado seja nosso Pai.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: