Liveurs – Underground Reality Show


Poesia – Jesus Sorrindo
28/10/2009, 02:26
Filed under: outubro09
Derrama pela face gotas transparentes
 como se nuvens habitassem seus olhos
 Se manifestando em um estado dormente
 a consciência num segundo de todos anos
 Procura as palavras mas nada é coerente
 Se sente confuso sem saber o que fazer
 Por um segundo aceita que esta carente
 e a solidão dominou sua carne e mente
 Caminho inverso alimento toma no corpo
 pela boca sai tudo que tinha no estomago
 Emoções agridem de toda forma seu ser
 e a sensação de estar próximo de morrer
 O calor que habita alma se tornou fogo
 um anjo de olhar triste lhe deu conforto
 De joelhos voltou seu rosto junto ao chão
 lembrou de Deus fez a sua ultima oração
 Sentiu uma presença envolver sua alma
 abraçar seu espírito e entregar calma
 Onde era trevas se fundiu em uma luz
 e pode ver Jesus sorrindo fora da cruz

Anúncios


Poesia – Que seja
16/10/2009, 06:00
Filed under: outubro09

Se for pra vir que seja pra fazer feliz
Se quiser amar que seja como nunca amou
Se quiser se entregar que seja por completo
Se for pra falar que seja palavras de carinhos
Se for pra dar que seja por inteiro
Se for pra perdoar que seja para sempre
Se quiser beijar que seja meus lábios
Se quiser lembrar que seja de nos dois
Se quiser estar que seja sempre comigo
Se for para julgar que seja os inimigos
Se quiser ficar feliz lembra que te amo
Se estiver triste lembra que adoro seu sorriso
Se for pra chorar que seja de felicidade
Se for pra dormir me chama nos seus sonhos
Se for pra ligar que seja no meu numero
Se for pra olhar que seja meus olhos
Se for pra acreditar que seja em Deus
Se for pra estudar que seja todo dia
Se for pra ouvir que seja Liveurs
Se for pra me amar que seja pra sempre



Poesia – Nada se leva
14/10/2009, 07:30
Filed under: outubro09
A noite seria apenas uma fração de tempo
para entender o valor que tem a luz do dia
Sempre uma nova chance para se recomeçar
dar um sentido a vida que foi mal vivida
Não desista mesmo que sozinho venha lutar
contra o inimigo que está oculto em você
Não é vergonha se em lagrimas desmanchar
nem sempre vencer e de ajuda precisar
Mas saiba que ainda é tempo para se tentar
acreditar em você e não deixa a vida fugir
Durante muito tempo na lembrança vão ficar
feridas que com amor podem ser resolvidas
E não se deixe cair nas mesmas armadilhas
a bebida não vai poder melhorar sua estima
Cuidado com sua língua e as coisas que diz
zombar das pessoas não faz ninguém feliz
Importante não é quanto se carrega no bolso
a marca da sua roupa, o carro ou o conforto
E sim deitar na cama e simplesmente dormir
Na certeza que não é matéria que te faz sorrir
Mesmo com as dificuldades que venha passar
faça do impossível algo que possa conseguir
Sem nunca se esquecer que um dias vamos estar
na paz do senhor e nada iremos levar daqui



Poesia – A Oração
07/10/2009, 03:11
Filed under: outubro09

Sei que nem sempre a vida será fácil
que não existe um manual pra se viver
Mas basta suas mãos para o céu levantar
e com o coração uma singela oração fazer
Salva-me senhor me livra de todo mal
Perdoa por todas as vezes que pequei
Tira dos ombros esse medo de errar
Confio no senhor e assim sempre serei
Pode o mal por meus medo se manifestar
mas mesmo perdido não te abandonarei
Pois sei que trocaria reinos por mim
sou príncipe que você trata como o rei
Mesmo que muitos filhos ainda duvidem
que crêem pedindo provas de existência
Vou mais longe meu pai amado e querido
entrego minha vida e toda a obediência
Faça-me um instrumento de obra divina
manda seu espírito, me faça fortaleza
Derrama sua sabedoria, abre a cabeça
não permitindo que nunca te esqueça

oracao



Previa – Capa CD
07/10/2009, 02:44
Filed under: Notícias e política
Previa da capa do CD, feita pela agência Quest – www.quest.com.br
Logo CD fica pronto, e já estará disponivel para download.

Conto com a opinião de vocês. Seja por aqui ou por mensagens.
O trabalho que foi construido em torno desse blog e com a opinião
de muitas pessoas finalmente começa a tomar forma no mundo real…

Agradeço a cada pessoa que participa do blog seja passivamente

apenas lendo ou ativamente comentando e dando ideias e opiniões.
Saibam que cada dia isso só torna maior graças a vocês.
 
Meu muito obrigado, e basta olhar os comentários para descobrir quem são essas pessoas maravilhosas


Poesia – Como se fosse morrer
01/10/2009, 07:12
Filed under: poesia agost o09
Me ame como se fosse morrer amanha
 me deguste fazendo doce nos lábios
 Abraça, envolve e segura nos braços
 na esperança que de dois se faça um
 Vamos sorrir como se ainda criança
 sem medo , sem traumas e lembranças
 Brinca sua língua com a minha amor
 aperta forte quero sentir seu calor
 Mil coisas passam dentro da cabeça
 Meus olhos te cercam, me enlouqueça
 Desejo perverso, mais intimo querer
 sentença decretada, vontade de ter
 E se essa fosse mesmo a ultima vez
 Feliz partiria ,ultimo suspiro em você
 As roupas de nada mais servem agora
 amassadas pelo chão, essa nossa hora
 A fusão do eleito, o suor e a tensão
 minhas caras, suas bocas e nosso amor
 Depois de tudo vem o sono e o silêncio
 Carinhos, admiração e o contento