Liveurs – Underground Reality Show


Poesia – Estranho Seria…
28/08/2008, 19:41
Filed under: poesia3

Era mais do que queria
mas não tinha como saber
Escondeu de mim a alegria
ocultando o tamanho do querer
E o que todo mundo sabia
tinha vergonha de me contar
Que era tão lindo quando me via
e pra sempre queria comigo ficar
Um amor do tipo adolescente
forte demais para se conter
Escutando as pessoas erradas
meu carinho não acreditava ter
Foram tantas palavras duras
momentos de extrema discórdia
Que aos poucos foi se acabando
chegando ao fim a nossa historia
Nas ultimas linhas desse romance
o grande segredo foi revelado
Eu lamentando por não ter dado certo
sabendo que ambos fomos culpados.

IMG_0317
Anúncios


Poesia – Seu Lugar
22/08/2008, 07:25
Filed under: Sem categoria | Tags:
Pela manhã percebo sua ausência
o sol chegou em pleno silêncio
Adormeci com você no pensamento
e acordei no pesadelo da solidão
O tempo não passa e eu com medo
nesse momento é dificil suportar
Não sei da onde vem tanta ansiedade
sinto aquele cheiro de ilusão no ar
Alegria foi embora e não voltou
vejo suas fotos e aumenta a dor
Queria poder fitar aquele sorriso
deitar no seu colo como um menino
Toca minha cabeça e me faz carinho
eu fico te olhando e achando bonito
Mas sem você nada parece ter graça
eu desejando mais alguns minutos
A porta está aberta basta entrar
porque junto de mim é o seu lugar
Não demore que o tempo castiga
e lembra que eu te amo, fugitiva.

IMG_0292



Prévia – Tão Mal Acustica
20/08/2008, 06:32
Filed under: Uncategorized
   

Link Direto: http://br.youtube.com/watch?v=PyNzA5gTzh0 
NOna Musica Previa acustica



Poesia – Olhos Abertos
15/08/2008, 03:38
Filed under: poesia 6
Esconde nas palavras seu humor
 na prosperidade traga o sentido
 Deixando os segredos mais secretos
 guardado junto com o que foi vivido
 Como que alguém poderá decifrar
 juntar as peças desse quebra cabeça
 Sendo que existe muita coisa perdida
 na memória ficou mais que esquecida
 Olha suas fotos e colhe um sorriso
 lembra dos dias em que foi feliz
 Parece as vezes tão distante aquilo
 o presente é algo agora tão vazio
 Alguém viu onde perdi o meu destino
 faz falta saber para onde se vai
 Deus já se cansou das minhas orações
 fica bravo toda vez que eu chamo
 Mas não tem problema se assim deseja
 vou viver na terra minha solidão
 Mesmo que alguma noites não adormece
 ficando de olhos aberto na escuridão

DSC01618



Poesia – Tão Bem
13/08/2008, 07:24
Filed under: poesia7
Amor eu queria tanto explicar
encontrar palavras para dizer
Eu sei que nada que eu diga
iria conseguir te descrever
Você me faz sentir tão bem
alguém que pra sempre quero ter
Nos momentos triste e alegres
fica comigo e me ajuda a vencer
Me esconde dentro do seu corpo
me aperta forte em seus braços
Deixa que o sol venha brilhar
juntos vamos ver esse espetáculo
Segue as pistas do meu coração
deixa meus beijos te mostrar
Que não existe um lugar melhor
seu destino é onde vamos estar
Eu sei que tudo isso é real
porque quando fica longe de mim
Meu mundo perde o sentido
A saudade doe e me deixa assim
Por isso não me abandone jamais
Deus me abençoou com seu amor
e minha vida depende de você
não me esqueca por favor



Agora
08/08/2008, 18:45
Filed under: poesia2

Não seria apenas se sentir sozinha
mas sempre parece faltar alguma coisa
Talvez seja a companhia de um amigo
ou quem sabe alguém que te dê carinho
São as noites solitárias no computador
momentos íntimos de extrema ansiedade
Olhar a caixa de e-mail a todo instante
sempre em busca de uma nova mensagem
Vive esperando que alguém se lembre
e mande para você as últimas novidades
E quando nada mais disso acontece
você resolve se revoltar com o espelho
Colocando defeito em cada detalhe
fazendo o que é bonito parecer feio
Então deita na cama e se põe a lembrar
de amores antigos e tudo que se viveu
Aquilo parece um gatilho que dispara
dentro de você uma solidão sem fim
Matando sua alma, partindo seu coração
escorrendo dos seus olhos toda a dor
Dá vontade de morrer, de não mais lutar
a impressão de que Deus se esqueceu da gente
E dessa forma vive sua vida num réquiem
enterrando cada oportunidade de crescer
Por isso acredite quando eu lhe disser
que estão aproveitando da oportunidade
de cada momento que você aceitou perder
Vamos essa é a hora exata de levantar
e parar de lamentar e sentir dó de si mesma
Seja diferente, não viva de modismo
você quer ser especial ou como todo mundo ?
Chegou a sua vez e esse é seu momento
sinta a vida novamente pulsando aqui dentro
Aceite tudo que não pode mudar
e aquele passado que fica te machucando
Seu destino agora é seguir enfrente
faça seus planos e persiga seus sonhos
e o mais importante: nunca deixe de ser você mesmo.

DSC01556 

Correção: Maria Antonieta



Me Pegou – Prévia Acustica
06/08/2008, 04:51
Filed under: Uncategorized
    

 
Link Direto: http://br.youtube.com/watch?v=sjdthqXnSY4
Oitava Musica Previa acustica