Liveurs – Underground Reality Show


Poesia – Solução
15/09/2007, 05:55
Filed under: poesia7
Solução
 
As vezes eu queria apenas
 sorrir como todo mundo
 Mas a vida nem sempre
 segue um bom rumo
 Em outras queria ir embora
 um momento de alegria que seja
 que minha alma ela não matasse
 de tanta dor de cabeça
 Eu queria que o passado voltasse
 tempos felizes outra vez
 Parar de olhar os sinais
 apenas uma ilusão que aconteceu
 Eu queria apenas dormir
 quando os olhos fechar
 mas são tantos pensamentos
 aflito a noite a me vigiar
 Talvez apenas me desligar
 sentir um pouco da paz de Deus
 onde pudesse me confortar
me contentar com o ele me deu.
 Se me procurar e não encontrar
 estou apenas fugindo na escuridão
 em busca de um esconderijo
 de uma nova solução. 
Anúncios


Poesia – Continuo Só
10/09/2007, 02:26
Filed under: poesia7
Continuo Só
 
Preciso aprender a esquecer
 que eu não posso ter você
 Que as vezes a solidão
 é a única coisa que vou ter
 As coisas andam difíceis
 sem ninguém para me ouvir
 Eu não sabia para onde ir
 eu continuo sem ninguém
 Mesmo sem querer assim
 meu amor você me devolveu
 Nem mesmo quis saber
 o tamanho desse sentimento
 Desprezou todo o carinho
 e o calor do meu coração
 Eu continuo sozinho
 até quando não sei dizer
 Tem coisas que acontecem
 mesmo sem a gente querer
 Por mais que tente esconder
 no tempo tudo que senti
 Existe amor demais no peito
 meus olhos não me deixam mentir


Poesia – Sem Pressão
09/09/2007, 02:39
Filed under: poesia7
Sem pressão
 
Gosto doce feito morte
Como coisas de menino
Triste saudade que invade
A confusão que estou sentindo
Algumas mentiras de verdade
Outras verdades estão mentindo
A ilusão que estamos vivendo
Parece andar sem caminho
Qual melodia tem seu nome
Pra te encontrar em meu destino
Quem sabe leve anos
Mas deus sabe que vivo sozinho
Quero acordar de um sonho bom
Olhar do lado e te ver sorrindo
Meu peito se enche de esperança
Cada vez que penso nisso
Meu mundo fica perfeito
Como o vazio no infinito 


Poesia – Se você soubesse
07/09/2007, 19:44
Filed under: poesia7
Se você soubesse
 

Se você soubesse
pudesse compreender
Que não existe vida
quando estou longe de você
Talvez assim
não ficasse para trás
me vendo partir
minha alma a se acabar.
Se você soubesse
o quanto estou a sofrer
e o tempo a me castigar
as lagrimas a escorrer.
Mas tenho que acreditar
que tudo possa mudar
que alegria na vida
ainda possa reencontrar
Mesmo que não volte
que outra me encontre
depois disso será tarde
para você se arrepender.



Poesia – Novo Amor
06/09/2007, 07:48
Filed under: poesia7
Passei a noite bebendo
 libertando o que sobrou de mim
 Íntimos pensamentos que vieram
 de novo minha paz interromper
 E o desespero logo começa
 na loucura mais que eminente
 O mundo entristece a alma
 das pessoas mais carentes
 Odeio cada lembrança
 momentos entre eu e você
 Hoje tudo parece tão claro
 quero dormir antes do sol nascer
 Sonhos espalhados ao vento
 infinitas migalhas de sentimento
 Um filme infeliz se repete
 em silencio eu tenho que ver
 Depois que essa noite acabar
 descobrir que não amo mais você.
 Novos caminhos estão a esperar
 coração logo forte vai bater
 E um novo amor possa encontrar
 e muito feliz eu vou ser.

 


Poesia – Brilhar
05/09/2007, 07:40
Filed under: poesia7

É de conto e de desejos
os pensamentos quando te vejo
É com sorriso e esperança
que tento não viver de lembranças
E o passado que passou
e o futuro que nunca chegou
É apenas o presente ausente
em uma estrada que não tem gente
Procurando encontrar me perdi
nos caminhos que somente eu segui
Tentanto ser feliz eu sofri
por dias e noites que vivi
São sentimentos que morreram
segredos que contei ao travesseiro
Até que o sol voltasse a brilhar
muitos meses tiveram que passar
Não arrisco dizer como será
o destino que Deus me reservou.

 


Poesia – Talvez
04/09/2007, 03:58
Filed under: poesia7

Talvez

Talvez ninguém nunca vai saber
o que se esconde em meu sorriso
Talvez esse seja ultimo ano
e os mistérios serão perdidos
Talvez a caixa esteja vazia mesmo
ninguém tirou a tampa para saber
Você sente medo apenas de ver
imagina eu que tenho que viver
Mas isso está dentro de mim
Se manifestando a cada instante
Sonhar muitas vezes é estranho
porque sei que tudo vai acabar
E os olhos de lagrimas enchem
e de que adianta ainda lutar
Alguns dizem que faz falta
mas estou solto pelo mundo
Escolha uma estrela no céu
e prometa se lembrar de mim
Eu sempre vou lembrar de você
enquanto estiver assim.