Liveurs – Underground Reality Show


Poesia – Esperando
28/02/2007, 07:50
Filed under: poesia4
Está dissolvendo devagar
a vida entre meus dedos
Os medos estão a passar
enfrentei todos pesadelos
Na noite posso dormir
sem perigo de sonhar
O passado é  apenas detalhe
que não vai me perturbar
Tenho andado distraído
sem vontade de cantar
Pois te procurei em todo canto
contei até estrelas do céu
O meu corpo está cansado
as pernas não querem andar
Sentei sobre meu destino
para esperar você chegar
Quem sabe Deus esteja
lá de cima a me olhar
E um anjo  me mande
para comigo conversar
É preciso evoluir o impossível
e no amor acreditar
Só assim algo tão incomum
possa uma alma encontrar
Só assim algo tão incomum
possa na terra recuperar
o sorriso que foi perdido
e com uma mulher se casar

Site Meter



Poesia – Desperto
27/02/2007, 19:30
Filed under: poesia4
E como o tempo que me pega
Sobre a pressão que te esmaga
Pelo toque de meus lábios
Contra o carinho de seus braços
Pela saudade que agora sinto
Dessa tristeza que em ti guardo
Com o desejo de quem sobrevive
Conservo o medo que é aliado
Desse descaso quem em mim revelo
Muitos diram que estou errado
Pela escuridão que é tamanha
E mesmo assim Enxergo
Uma dúvida aqui te entrego
Qual caminho será sensato
Nas esquinas que te encontro
No pouco tempo que nos tem sobrado
Essas lágrimas que estão caindo
Quando te nego ao meu lado
É como o fim de um longo dia
Quando se chega cansado
E com o sono da noite
Possa se ver recuperado
E os sonhos daquela dia
Não serem mais lembrados
Você indo pra sua casa
E eu seguindo pro meu lado.

Site Meter



Poesia – Lunar
26/02/2007, 06:27
Filed under: poesia4
Quando você não está
Tudo fica sem sentido
Tudo que era bonito
Ficou feio e sem brilho
Você foi embora pra longe
Abandonou meu coração
Levou embora meu destino
Minha alma e meu violão
Mas esqueceu algo pra trás
E carrego isso dentro do peito
Uma tristeza tão grande
E uma solidão sem fim
Sempre que olho pro céu
E a lua tão perfeita a iluminar
Tudo parece fazer sentido
E o que sobrou de mim
tenta se acalmar
Mesmo ela tão divina
As vezes perde um pedaço
E nem por isso uma companhia
Coloca a seu lado
Mas o tempo passa
E a mágia se completa
Logo lá está ela
Cheia num céu vazio
a enfeitar
Com isso acredito
Que basta esperar

Site Meter



Poesia – Kittie
25/02/2007, 06:12
Filed under: poesia4
Na ternura de seus lábios
Encontrei meu abrigo
No carinho de seus braços
Encontrei mil motivos
Para viver novamente
Não querer estar sozinho
Mas não sei se consigo
Suportar está distância
A saudade dói no peito
Me traz más lembranças
Do tempo que era triste
E vivia sem esperanças
Sempre te vejo tão pouco
E me lembro demais de você
Para todo lugar que olho
Seu sorriso consigo ver
Naquela noite não sabia
O quando iria me supreender
Você me fez acreditar
Que feliz poderia ser
Já passaram algumas horas
E cade você
Estou sentindo sua falta
Só queria te dizer


Aceitação
23/02/2007, 05:38
Filed under: Sem categoria | Tags:

Quanto mais aprofundo em minha alma tentando encontrar novos caminhos, mais me deparo com soluções de problemas já passados. Problemas esses que consegui superar porém não tinha a menor idéia de como aquilo foi possível.

Mas hoje acho que encontrei qual foi o primeiro passo que dei para deixar de ser algo que segue tendência para ser algo unico. Vou dar um exemplo simples e esse vivenciado por qualquer ser humano.  Quando criança todos somos ingênuos e provavelmente na maioria das vezes que você for fazer uma coisa que nunca fez, quase sempre isso vai terminar mal ou não vai ser feito da melhor maneira possivel.

Só para relembrar tente pensar nisso : a primeira pessoa que você ficou, a primeira pessoa que você gostou e quantas coisas possam vir a sua cabeça que permanecem como traumas até hoje. Como é sabido por todos, o homem aprende com seus erros e provavelmente na segunda vez que for fazer as coisas, já vai tomar mais cuidado. Baseado nas coisas que você acredita que deram errado na primeira vez e dessa forma vamos criando barreiras para nos proteger.

Agora que começa a injustiça, por exemplo.
Imagina que a segunda pessoa que você for ficar consiga te entender plenamente, sabe que aquele é um momento novo para você e tenta ser o mais generoso possível. Agora você por sua vez, com suas lembranças da primeira vez, se arma para não cometer os mesmos erros e acaba não dando as devidas oportunidades a essa nova pessoa.

Baseado nesse exemplo vamos concluir alguma coisa: Que você não deixou a pessoa ser quem ela realmente era e que provavelmente as coisas que você buscava você nunca vai encontrar por não saber aceitar experiências antigas. E como a aceitação é importante para entender que todo mundo tem o direito de evoluir nada vida. As vezes a primeira pessoa que você ficou se você encontrasse ela num outro momento tudo poderia ser diferente. Mas só vai poder ser diferente se você aceitar que o que foi hoje amanhã pode não ser mais e lembrasse que Deus perdoa aqueles que se arrependem. 

Outro exemplo quantas pessoas não aceitam a vida que tem e deixam tudo aquilo que conquistaram se perder pelo tempo em busca de sonhos que talvez nunca se realizem. Se essa pessoa aceitasse o que ela tem e fosse capaz de extrair o melhor disso ela estaria vivendo experiências reais de vida e não ilusões. Quando duas pessoas brigam, também é aceitação. Pois são incapazes de compreender suas divergências e aceitar que nem tudo sai como queremos.

Só é capaz de aceitar aquele que tem sabedoria suficiente para entender onde as coisas começam e terminam. E se ela aceita o que tem pode alcançar a paz e com isso partir em buscas de novas coisas. Pois o mundo deixa de ser um peso e passa a ser algo que dá suporte e auxílio. Esse é o primeiro passo para resolver nossos problemas, precisamos aceitar que eles existem e se essa é a vida que temos que viver. Devemos encontrar o que de melhor ela tem. Porque acredito que se você esta aqui lendo esse texto, melhor do que mais que a metade da população desse pais você já está sendo. Quantas pessoas não sabem nem ler e não tem acesso a informação ?

Mas sua curiosidade te trouxe para perto de mim, eu quero te levar para mais perto de você.
Porque sei que dessa forma o mundo ganha mais cor e sua vida mudando a vida de outras pessoas que vivem com você muda também. Porque somos como cadeias que se interligam entre momentos e esse processo acontece em cascata. Eu sempre tive algo comigo e essa frase eu sempre irei me lembrar : Tudo aquilo que não podemos mudar só nos resta entender. Mas nem por isso nada te impede de tentar, mas persistir nos mesmos erros não é inteligência. Por isso de a oportunidade as pessoas de serem o que elas a são aceitando suas experiências passadas, isso é uma forma de superação e evolução.

Site Meter



Poesia – Enquanto Penso
21/02/2007, 22:53
Filed under: poesia3
Sangra sem estar cortado
 meu coração chora calado
 Lentamente vou descendo
 Degrau por Degrau
 Porque quando penso
 que tudo acabou
 Me encontro perdido no amor
 Já nem sei onde estou
 Mas quando penso em você
 toda a dor se transforma em cor
 Mas quando penso que você
 nem lembra que eu existo
 Viver começa a ser complicado
 algo muito difícil
 As vezes penso em morrer
 para no velório te encontrar
 Outras vezes em adoecer
 para quem sabe me visitar
 Não quero mais dormir
 tenho medo de sonhar
 No escuro de mim sobrevivo
 sozinho a me procurar
 Esperando que o inferno
 possa logo se apagar

Site MeterSite Meter



Poesia – Tente
20/02/2007, 20:40
Filed under: Uncategorized
Tente falar com meus amigos
Tente descobrir o que eu sinto
Tente viver sem mim
Tente dizer que esse é o fim
Tente sorrir
Tente amar denovo
Tente me encontrar
Nos braços de outro
Tente me atentar
Tanto quanto te atento
Tente me esquecer
Tente esquecer
De esquecer de mim
Tente fingir
Que é tão bom assim
Tente ser como eu
Mesmo não sendo assim
Tenta não custa nada
Mas não minta pra mim

Site Meter